Parte para o teu gap year com estas dicas (IV)

Chegámos ao fim desta viagem. Foram quatro semanas a acompanhar-te enquanto planeaste o teu gap year, ultimaste detalhes da tua candidatura ao Concurso Gap Year Portugal 2021 ou, simplesmente, tomaste a decisão de avançar. Ou não. Também podes ter só estado desse lado a ler e ainda não ter chegado a hora do teu gap year. E não tem mal nenhum. Já ficas com o trabalho de casa feito.

Falta uma semana e poucos dias para o prazo das candidaturas para a edição deste ano do Concurso terminar e decidimos fechar este ciclo de dicas com algumas das sugestões que demos o ano passado sobre sites e aplicações criados para te facilitarem a vida, das boleias aos programas de voluntariado, até ao trabalho lá fora. Não é preciso inventar a roda, basta saber procurar. O “onde procurar” fica assim tratado agora.

De boleia em boleia

O modo como te vais transportar durante o teu gap year está diretamente dependente do teu budget, da pegada ecológica que queres deixar no mundo e do teu espírito aventureiro. Há opções para todos, mas começamos pelas boleias. Não há viagem em low budget que lhes resista! Continuam a ser um universo desconhecido para a maioria, mas a prática tem vindo a crescer – cada vez são mais os gappers com o bichinho das boleias. Para que também tu possas experimentar, damos-te algumas dicas para que a primeira experiência seja o mais planeada possível. Sabias que existe um fórum online que funciona como um “guia de boleias” onde encontras dicas, regras de segurança, diferentes técnicas e os melhores locais para pedir boleia, por exemplo? Isto tudo consoante o país onde te encontras. Chama-se Hitchwiki e chegou para te facilitar a vida. Só te resta prepares o teu cartão e garantir que sabes o sinal de boleia nos países do teu gap year. Vamos a isso?

 

estrada na irlanda

Irlanda. Fotografia por António Mesquita

Que impacto queres criar no mundo?

O teu gap year é um ano teu, um ano em que é suposto cresceres e perceberes um bocadinho melhor onde te queres inserir neste mundo. E se, pelo caminho, pudesses, também tu, impactar positivamente um pedacinho do mundo? Deixamos sempre uma marca por onde passamos, e, por vezes, podemos fazer por melhorá-la. Caso estejas a pensar fazer voluntariado no teu gap year, certifica-te que o fazes da maneira correta e com a mentalidade certa: a de dar e receber, a de deixar uma marca positiva. Para isso, é preciso que pesquises bem o que queres fazer, e de que maneira melhor podes contribuir para criar um impacto positivo num determinado sítio. “E onde procurar?”, perguntas tu. Há toda uma série de opções, desde o Serviço de   Voluntariado   Europeu,   com   associações   como   a   “Rota   Jovem”   e   a   “Check   In”, voluntariados internacionais com a “Para Onde” e até voluntariado online (e on site) com a “Giving Way”. Lembra-te, também, que o voluntariado pode ser feito até no fundo da rua. Nunca é má ideia procurares sítios perto de ti que possam beneficiar do teu apoio. Existem mil e umas opções, certifica-te sempre que fazes uma decisão consciente ao explorá-las.

 

antónio mesquita na Colômbia a observar a paisagem

Colômbia. Fotografia por António Mesquita.

Meter a mão na massa recompensa

Queres muito fazer um gap year, mas a tua conta-poupança está por um fio, estás desejoso por partir e és daquelas pessoas que gosta de estar sempre a mexer, a fazer e não foram poucas as vezes em que disseste aos teus amigos que “meter a mão na massa é que é bom”. Contudo, isto deixa-te receoso e já baixaste os braços por não saberes se vais conseguir, por sentires que se parares de trabalhar não vais ter dinheiro para palmilhar mundo, conheceres outras culturas e, no final do dia, conheceres-te um pouco mais a ti. Temos duas soluções para ti. A primeira é levar-te a consultar o site da Ano Sabático, que te dá a conhecer vários programas, entre eles programas que envolvem trabalhar no estrangeiro, enquanto fazes o teu gap year. Podes trabalhar em hotéis e restaurantes, fazer babysitting, trabalhar em quintas ou em plantações, e muito mais, tudo à volta do mundo. O programa és tu quem o escolhe, consoante o teu gosto, as tuas necessidades e o período que queres passar em cada um dos sítios do teu gap year. Já viste como é fácil? A segunda é candidatares-te ao Concurso Gap Year Portugal 2021. Mas corre, o prazo termina já no dia 4/7. Consulta o regulamento e sabe mais no nosso site.

 

praia no brasil fotografada por antónio mesquita

Brasil. Fotografia por António Mesquita.

Categorias

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share This