TravelB4Settle | 
‘’Social Media Influencer’’ – Melhor trabalho de todos os tempos?

Neste artigo vamos abordar um tema muito falado atualmente: ser um Social Media Influencer que, em português, se pode chamar influenciador ou influenciador de redes sociais.

Vamos descrever esta profissão do século XXI, explicar por que é que as marcas estão a investir nestes profissionais, dar-vos  a conhecer um exemplo de sucesso e, ainda, mostrar-te como é que tu também o podes ser! Fica até o final, que temos uma oferta incrível para ti!

Vamos começar com esta pergunta: Como é que poderias aproveitar uma semana inteira num hotel de 5 estrelas numa suíte com vista para o mar, com várias experiências incluídas, numa bela ilha europeia, sem teres que te preocupar com as despesas? Bem… a menos que tenhas uma boa posição numa grande empresa ou tenhas nascido numa família rica, provavelmente não terás dinheiro para tal! Bem, nós não estamos incluídos em nenhumas dessas exceções, mas, ainda assim, fizemos tudo isto! E que semana maravilhosa que foi!

Ficámos no Hotel Melia Madeira, onde passámos uma semana, sem pagar um cêntimo:

Como Tim Ferris mencionou no seu histórico livro “4 Hours Week”, as pessoas não querem ser milionárias; as pessoas querem viver as experiências que acreditam que apenas milhões de euros podem comprar e a liberdade que os mesmos podem trazer. E isso é tão verdade! Então como conseguimos nós passar esta incrível semana em condições tão épicas na ilha da Madeira sem ter o dinheiro para tal? A resposta é simples… Influencer Marketing, ou, Marketing de Influência.

Primeiro, o que é um influenciador?

Um influenciador é descrito como alguém que tem impacto num determinado círculo de pessoas e nas suas decisões. Um influenciador produz conteúdo original numa área específica na qual tem experiência ou é apaixonado, desenvolve credibilidade e constrói uma comunidade em torno dela. Antigamente, quando a TV e as revistas eram as únicas mídias disponíveis, as celebridades eram as únicas influenciadoras. Hoje em dia, redes sociais como Instagram, Facebook, Youtube e muitas outras, permitem que todos sejamos influenciadores. Em menor escala, de facto, mas com uma conexão muito mais profunda com o nosso público.

Cada vez mais as marcas entendem o poder dessas conexões mais fortes que os influenciadores têm com o seu público e, na verdade, estão a optar por trabalhar com um grande número de micro-influenciadores (poucos milhares de seguidores), em vez de trabalhar com uma ou duas celebridades. É claro que quanto maior o público, maiores serão as oportunidades, mas a verdade é que já não é preciso ter um público enorme para ser interessante para as marcas.

Embora o número de seguidores seja uma boa medida do alcance de um influenciador, o que as marcas estão à procura é de um público interativo e conexões significativas entre os dois.

Por que é que as marcas estão a procurar Marketeers de Influência?

Têm acontecido mudanças significativas no que toca aos  hábitos sociais no consumo de informação.

Plataformas como Netflix, Youtube e Twitch permitem que as pessoas assumam o controlo do que vêem, levando a TV e outras mídias tradicionais para um beco sem saída. Além disso, as pessoas são agora muito céticas em relação à publicidade tradicional e até mesmo a publicidade na internet é menos eficaz porque muitas pessoas usam bloqueadores de anúncios.

69% de toda a Geração Z (nascidos entre meados dos anos 90 e início de 2000) já evitam anúncios e, até o final de 2018, 30% de todos os usuários da Internet terão um bloqueador de anúncios ativo.
Segundo um artigo da AdAge

Estas tendências, juntamente com a variedade e a quantidade de conteúdo consumido nos dias de hoje, trouxeram o Marketing de Influência a onde está hoje. É já uma prática muito comum para a maioria das marcas exporem os seus produtos/serviços, e todos os sinais apontam para uma expansão futura!

O conteúdo autêntico e genuíno criado pelos influenciadores e o seu público interativo são meios reais e valiosos para as marcas divulgarem os seus produtos e espalharem consciência. Marketing de influência é um marketing natural e não invasivo, muitas vezes mais eficaz do que qualquer publicidade direta. Além disso, não há bloqueadores de anúncios para pará-lo!

Mesmo que não se ganhe muito dinheiro como influencedor, pode-se ter muitas experiências e itens “grátis” em troca da exposição. E, vamos ser sinceros, o que mais podemos estar à procura nesta fase das nossas vidas? É claro que o dinheiro ajuda, mas experiências incríveis e coisas brutais de graça? Contem conosco !

Qual plataforma escolher? Onde começar? Como começar?

Outra coisa muito importante a considerar é a plataforma social a escolher. É vital que escolhas uma plataforma que esteja a receber muita atenção dentro do nicho de mercado que escolheres seguir e que faça sentido com o tipo de conteúdo que desejas criar.

Por exemplo, se o teu nicho é relacionado com viagens, o Instagram é uma plataforma obrigatória para estares. O teu conteúdo é/será mais vídeo? Então o Youtube e o Instagram são as plataformas a serem consideradas. Vídeos ao vivo? Twitch, Facebook e talvez Youtube. E assim por diante, tu percebeste a ideia 😉

É importante decidir exatamente o que queres fazer e onde, para que possas concentrar a tua energia e obter o máximo de resultados o mais rápido possível!

No nosso caso, o nosso foco principal nunca foi ser um influenciador e ainda não é. Optámos por ‘atacar’ o Instagram para direcionar o tráfego para o nosso site e enquanto desenvolvíamos o nosso Instagram desenvolvemos algumas skills em fotografia, vídeo, edição, gerir redes sociais, escrita, vlogging, etc. Quando menos esperávamos, começamos a receber ofertas de marcas, como uma tour privada em Bali e 2 noites num resort de luxo nas Ilhas Perhentian, na Malásia (com 5 mil seguidores na altura). Naquele momento, entendemos o que o Marketing de Influência nos poderia trazer e as experiências que poderíamos viver.

A plataforma que escolhemos: Instagram

Mesmo que o Instagram possa abrir muitas portas, é uma plataforma muito saturada. Sabíamos que precisávamos de melhorar o nosso conhecimento e as nossas skills, porque, de outra forma, não teríamos hipótese de ser bem-sucedidos. Decidimos então investir na nossa educação e encontrámos este curso (“Fazer Dinheiro No Instagram Como Influencer“) que mudou completamente a nossa atitude no Instagram e em relação às marcas com as quais poderíamos vir a trabalhar, e claro, os nossos resultados.

Mal sabíamos nós que no fim deste curso (em inglês) que adorámos, os autores revelaram ser portugueses. Mais curioso ainda foi quando reparámos que eles eram nossos seguidores! Foi então que conhecemos (ainda apenas por detrás de um ecrã), o António e a Marina. Também eles um casal de viajantes que se fartaram do regular trabalho das 9h às 17h, começaram a trabalhar online e focaram-se em aprender mais sobre marketing. Hoje em dia fazem mais de 3000€ por mês e vivem metade do ano em Portugal e a outra metade na Ásia, para fugir ao frio Europeu. Como nós os percebemos!

Se quiseres saber mais sobre este casal, podes aceder ao Instagram profissional de cada um, através de www.instagram.com/55secrets e www.instagram.com/theportuguesefox

Desde que nos inscrevemos no curso, melhorámos não apenas os resultados do Instagram, mas, mais importante, vivemos experiências que nunca esqueceremos! De passeios privados a várias noites em resorts, até esta semana inesquecível na Madeira, onde fizemos uma parceria com o departamento oficial de turismo da ilha e fomos tratados como celebridades durante uma semana. Além disso, também recebemos coisas materiais brutais que usamos todos os dias, como óculos de sol, roupas e sapatos.

 

Este curso ensinou-nos passo a passo como desenvolver e crescer o nosso Instagram, como otimizar o nosso conteúdo e a estética do nosso feed, a construir uma comunidade e gerar interações e ainda a entender o algoritmo do Instagram. E mais – este curso não nos ensinou apenas como abordar marcas com as quais fazer parceria (templates incluídos no curso), mas também como fazer um bom trabalho com elas e deixá-las felizes e, finalmente, como monetizar o nosso Instagram (quando, na verdade, deve ser esse o principal objetivo, não?

Segundo as estatísticas dos autores, este curso já foi vendido a mais de 5.000 pessoas em 10 meses e 350 destas pessoas já vivem apenas do dinheiro que recebem das parcerias do Instagram e do blog.

Agarra a tua oportunidade também!

Se tu também queres melhorar o teu desempenho no Instagram e gostarias de aproveitar ao máximo a plataforma o mais rápido possível, seja em experiências, recebendo coisas grátis ou monetizando a tua página, este curso é um bom investimento que podes fazer. Como te dissemos anteriormente, nós entrámos em contato com os criadores e chegámos a um desconto exclusivo de 50% para todos os nossos leitores!

Na nossa opinião o curso já vale 10 vezes o seu preço inicial, mas aqui tu podes obtê-lo ainda por metade do preço! Aproveita:


>> Desconto esclusivo TravelB4Settle de 50% <<

P.S.: Nós comprámos e fizemos o curso até ao fim. Apenas te recomendamos este curso porque realmente acreditamos no potencial do mesmo. Assume que todos os links neste artigo são afiliados, o que significa que nós recebermos uma pequena percentagem no caso de comprares o curso. Na verdade, isto é o nosso trabalho e ganha pão. Se queres saber mais sobre como fazemos dinheiro online enquanto viajamos, podes fazer o download, de forma gratuita, do nosso eBook ‘’21 ways to work online and travel the world’’ (está inglês, mas se tiveres alguma dúvida podes contactar-nos em qualquer rede social que nós estamos sempre online e prontos a ajudar!).

Com amor,

Matilde e Miguel.

Categories

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *