Gap Year em Portugal

Quando pensamos em fazer um Gap Year, pensamos logo na diferença que poderemos fazer lá fora, nos mil projectos em que podemos participar, nos países desconhecidos que iremos ver. Muitas vezes não pensamos que o poderemos fazer cá dentro, muitas vezes até involuntariamente. Esse foi o meu caso: no 12º ano, fiquei a fazer apenas uma disciplina, o que me deixou com imenso tempo livre. Infelizmente não aproveitei esse tempo da melhor maneira. Só conseguia pensar nos meus amigos que estavam a começar uma nova vida na faculdade, e eu ali presa a uma “pequena” coisa, a uma aula por semana, que nem sequer gostava.
Se fosse hoje, tinha sido muito diferente. Tinha investido todo o tempo livre a fazer algo, a aprender algo, a ajudar alguém. Não é por estarmos “presos” a casa que não poderemos fazer a diferença. Se eu pudesse voltar atrás, iria certamente investir nestas coisas:

1) Faz voluntariado

Existem inúmeras associações em Portugal que dependem grandemente da ajuda que os voluntários lhes podem proporcionar. Qualquer que seja o teu interesse, decerto existirá uma associação que poderás integrar. Quer sejam causas sociais – crianças, idosos, animais – ou outras, como fazer voluntariado em vários eventos (por exemplo na Marginal, no TedX ou nos vários festivais de verão), certamente irás achar algo que vá ao encontro daquilo que procuras. Nesta página, poderás procurar as associações existentes na tua àrea de residência, dá uma vista de olhos. Fica atento às páginas das associações, quem sabe até poderás ser o próximo a integrar a nossa equipa.

2) Dinamiza os jovens da tua comunidade

Junta-te a amigos, organizem eventos, workshops, ciclos de cinema, exposições, concursos, acções de voluntariado. Façam coisas que tanto vos motivem a vocês como aos jovens que possam estar na mesma situação que vocês. Se não houverem iniciativas, criem-nas.

3) Faz cursos

Podes sempre investir numa formação para além daquela que a tua escola te oferece. Quer sejam cursos pagos ou cursos grátis, existe uma panóplia de actividades que pode servir para que aprendas um pouco mais sobre aquilo que gostas. Se sempre quiseste aprender a tocar guitarra, investe numas aulas. Se gostas de fotografia, existem mil workshops. Italiano é a tua língua de eleição mas só sabes dizer pizza? Imensos sítios oferecem cursos. Com a expansão da internet e das tecnologias, os cursos online são cada vez mais frequentes, e muitos deles gratuitos. Cousera, Edx, até os mais simples como o Duolingo. Porque não trocar o scroll infinito no facebook por conhecimento que te tornará mais rico?

4) Faz pequenas viagens

Portugal é, felizmente, um país com uma diversidade fantástica, tanto culturalmente como em termos paisagísticos. Roadtrips, de norte a sul ou da tua casa até à costa, tudo vale a pena. Faz pequenas viagens, explora o que conseguires. Vais ver que ganhas uma nova perspectiva sobre este nosso “pequeno” país.

5) Trabalha em part-time

Porque não aproveitar o tempo que tens livre para poupar algum dinheiro que possas investir em coisas que te façam feliz? Se estás a pensar tirar um curso ou viajar e andas a adiar porque não tens dinheiro, não existe maneira melhor de aproveitares o teu gap year. Podes também trocar o teu trabalho por outras coisas que não dinheiro. Os hostels muitas vezes proporcionam estadia em troca de trabalho e as opções de wwoofing em Portugal começam a proliferar. Aproveita para ver o documentário português “What a Strange Way of Life” para aprender mais sobre algumas destas comunidades alternativas.

6) Aprende a cozinhar

Se estás a pensar ir viver sozinho no final do teu GY, aproveita o tempo que ainda tens com os teus pais para aprender a cozinhar os básicos. É bom apenas chegar ao frigorífico e aquecer a comida de um tupperware qualquer mas é muito melhor saborear uma comidinha acabada de fazer, se for por ti então, sabe duplamente melhor. Quem sabe não começas a fazer cozinhados ainda melhores que os da tua mãe?

Categories

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *