TravelB4Settle | Como viajar pela Ásia por 10€/dia

Nós não somos especialistas em viagens, mas consideramo-nos muito bons em economizar dinheiro durante a viagem (costumamos chamar-nos de “cheap motherf*ckers”). Neste artigo, vamos partilhar as nossas principais dicas para viajar com um orçamento limitado.

Durante as nossas viagens, muitas vezes perguntam-nos como conseguimos viajar tanto. Temos pais ricos? Ou assaltamos um banco cada vez que queremos viajar?! Hmmm…nenhum deles! Honestamente, não há milagres … se quiseres viajar com mais frequência ou viajar por mais tempo, só há duas coisas que podes fazer:

  • – Ganhar dinheiro enquanto viajas.
  • – Ou então, gastar menos.

Nós escolhemos ambos! Há milhares de pessoas que trabalham durante as suas viagens, e não tínhamos ideia. Algumas pessoas encontram empregos temporários, mas o mais interessante são aqueles que encontram uma maneira de trabalhar online e financiar as suas viagens apenas com os seus computadores! Excelente, não é?

Se quiseres saber mais sobre este assunto, podes fazer o download gratuito do nosso E-book: 21 Maneiras de Trabalhar Online e Viajar Pelo Mundo.

Quando partimos para a Ásia, tínhamos um orçamento limitado, então tivemos que dominar a arte de gastar o mínimo de dinheiro possível! Na verdade, gastámos apenas 3.000 € cada em 8 meses de viagem (incluindo alimentação, transporte, acomodação, voos domésticos e extras), a viver confortavelmente. Nós até comprámos a nossa câmera e muitos outros luxos com esse orçamento!

Desta forma, decidimos apresentar as nossas melhores dicas sobre como viajar com um orçamento limitado , para que possas usá-las nas tuas próximas viagens!

Procura destinos baratos

Se isto pode parecer óbvio, é porque é. Estar num lugar barato é a melhor coisa que podes fazer para a tua carteira durante a viagem. E confia em nós, há sempre um lugar barato que vai satisfazer as tuas necessidades. Neste artigo podes ver a nossa alternativa barata nas Maldivas.

Faz uma boa pesquisa de voos

Às vezes nós passamos HORAS à procura de voos até arranjar um preço que nos agrade. A tentar diferentes combinações, diferentes escalas, diferentes companhias aéreas ou até mesmo diferentes destinos. Tudo para encontrar o melhor negócio!

Alguns dos nossos truques são:

  • Usamos o Kiwi para voos inter-continentais e busca por rádio;
  • Usamos o Skyscanner para encontrar a companhia aérea mais barata para uma determinada rota ou para usar o recurso “Para: todo o lado”;
  • Depois de determinar a rota e as companhias aéreas, comparamos os preços entre os motores de pesquisa e o próprio site da empresa;
  • Procuramos sempre no modo privado e tentamos diferentes dias da semana (há muitas teorias sobre isto).

Viaja na época de transição

A época de transição é o período antes e depois da época alta. Normalmente neste período o clima é tão bom quanto na época alta e a multidão e os preços são MUITO mais baixos. Nós não sabíamos o quão importante isto é, mas foi vital para nós e pode cortar as despesas para metade. Vê o nosso exemplo com a viagem a Bali.

Viaja devagar

Nós amamos viajar devagar. E a verdade é que quanto mais lentamente viajares, mais barato fica. Alojamento de médio e longo prazo são mais baratos do que a curto prazo. Quando ficas mais tempo num determinado lugar, começas a saber onde comer, onde fazer as tuas compras e como te movimentares da maneira mais barata possível, ou seja, começas a viver como um local! Desta forma, tens também a chance de viver cada destino de uma maneira mais profunda.

View this post on Instagram

THANK YOU IN THE NAME OF TravelB4Settle ❤ We are so proud of ourselves! This decision to create our brand and chase our dream, allowed us to meet wonderful people around the world, and live unbelievable experiences, learn everyday, and ultimately become better persons!! 👫 We are just starting and we already know the future is happy and smiley. And your support has been unbelievable!! We love it so much and it is the main reason of our pride. 🙏Our goal is beeing able to help more and more people everyday! All our plans are on that direction and we can't wait to show you what we have in mind!! ❤🙏 ↡↡↡↡↡ 5 months passed already! 😱 Let us know for how long you have been here with us! ❓ . . . . . #baligasm #couplegoals #couplegram #travelb4settle #travelcouples #couplesofig #couplesofinstagram #instacouple #travelingtogether #balifoodies #balifood #baliisland #balilove #kyndcommunity #girlgetters #girlsmeetglobe #travelgirldiary #coupleinlove #travelbuddies #travelingcouple #couplesofig #travelcouples #welovetotravel #instacouple #travelwithbae #balitravelguide #vacationbali #balidestinations #bestofbali #instafriendly

A post shared by Travel Couple ✈ Matilde♡Miguel (@travelb4settle) on

Define um orçamento diário

Este foi provavelmente um dos pontos mais importantes para conseguirmos realmente poupar em viagem. Define o teu orçamento diário, incluíndo TODAS as tuas despesas diárias e cumpre-o! Nós definimos o nosso orçamento diário para 10 € cada um por dia e, se por acaso tivéssemos que gastar um pouco mais num dia, no dia seguinte gastávamos um pouco menos, para nos mantermos fiéis ao orçamento. Sabemos que é difícil acompanhar tudo e que pode ser cansativo depois de um tempo, mas … é esse o preço de viajar com um orçamento baixo e, eventualmente, viajar mais!

Arranja um cartão de crédito/débito gratuito

As taxas que se pagam no estrangeiro sempre que se levanta dinheiro ou se faz um pagamento com cartão são uma quantia razoável no final do mês. Portanto, não seria ótimo se pudéssemos cortar essas despesas!? Pois, agora já é possível! Algumas empresas como a Revolut e a Ferratum são bancos digitais que permitem que tenhamos uma conta em várias moedas, que pode ser usada gratuitamente em quase todo o lado!

Por exemplo, nós usávamos o nosso cartão de crédito para várias situações de compras online (para a nossa câmara e as viagens de autocarro/comboio, por exemplo) e para associá-lo às nossas contas de Uber/Grab e não nos termos que preocupar em andar com dinheiro para estas deslocações.

Nós falhámos muito neste aspecto, já que não pesquisámos muito antes de sair de Portugal. No entanto, usámos outra alternativa. Usámos empresas internacionais de transferência de dinheiro, como a Money Gram e a Western Union, para levantar dinheiro transferido de Portugal. As taxas destas empresas são mais baixas do que levantar dinheiro de uma caixa de multibanco. A Money Gram tem taxas ainda mais baixas, mas é mais difícil de encontrar em qualquer cidade do Mundo.

Acomodação barata (e às vezes GRÁTIS)

A acomodação é provavelmente a maior fatia das despesas de viagem no final do mês. No entanto, também é a fatia mais fácil de reduzir. Por esse motivo, quando decidimos viajar a tempo inteiro, decidimos também gastar o mínimo possível em alojamento e, de facto, poupámos mais de 600€ em alojamento em 8 meses de viagem. Estas foram as opções que usámos:

  • Couchsurfing: comunidade de viajantes onde podes hospedar viajantes ou ficar em casa de locais gratuitamente. (Lê este artigo, se quiseres saber mais sobre couchsurfing)
  • Work Exchange: trabalhar algumas horas a fazer qualquer tipo de tarefa (limpeza, babysitting, pintura, etc.) em troca de uma cama e, às vezes, comida. As plataformas mais conhecidas para esta modalidade são o Workaway ou WorldPackers, sendo que em ambos tens de pagar uma taxa simbólica de subscrição.
  • House/Pet Sitting: definitivamente o nosso favorito, com o qual poupámos mais dinheiro! Enquanto os proprietários estão longe, ficas de graça na sua casa, em troca de manter os seus animais de estimação felizes. Uma casa temporária só para ti pelo preço de algumas tarefas? Impressionante! (Obtém 20% de desconto na tua primeira subscrição na melhor plataforma de House/Pet Sitting – TrustedHouseSitters – aqui)
  • Oportunidades de última hora: em último caso, quando queremos ficar em um Hostel ou Hotel usamos o Booking e, quando queremos a nossa privacidade, usamos AirBnB, onde temos um apartamento totalmente equipado só para nós! (Ganha um desconto de 35€ na tua primeira reserva AirBnB aqui)

Lê sobre a nossa experiência de Couchsurfing na Índia aqui.

View this post on Instagram

Have you heard about House/Pet Sitting?? ↡↡↡↡ As you know, we are traveling low budget (for now 😊) and we we both love animals!! So we found the perfect combination: @trustedhousesitters!! An online platform where the house/pet owners announce they need someone (like us) to take care their place/dogs 😍😻🐶 Isn't it perfect?! This was our first experience and we won't forget anytime soon!! Amazing 3 weeks taking care of these 2 cute dogs and finally chilling at a place we could call 'home' for a while!! 💙 ♡♡♡♡♡ It is not a free platform (90$/year) but this 1st experience already paid out!! It's totally worth it, financially and emotionally 😍😊 ➠ Get 20% Discount in the link in our Bio! 🙌🙌🌟 ✁____________________________ #housesitters #petsitters #trustedhousesiters #housesittersofinstagram #petsofinstagram #traveltips #dogstagram #dogsitter #petsittingadventures #backpackerlife #travelasia #wanderlustofasia#inspiredbyyou #travelandwork #travelbuddies #localtravel #coupleswhotravel #travelbudget #globetrotter #travelcouples #couplesofig #travelb4settle #love #kualalumpur #tourismmalaysia #visitmalaysia #ig_malaysia #igerskualalumpur p0099lollll#travelingcouples #instacouples

A post shared by Travel Couple ✈ Matilde♡Miguel (@travelb4settle) on

É bom planear, mas evita a pré-reserva

Nós odiamos planos e somos totalmente contra pré-reservas. A verdade é que quando se faz pré-reservas fica-se sem flexibilidade. Se, por alguma razão, não estás a gostar do Hotel/Hostel que marcaste e queres sair mais cedo, ou, pelo contrário, se estás a adorar e queres ficar mais tempo, o mais provável é que para que possas ter esta flexibilidade percas dinheiro. Ou então arriscas-te a perder oportunidades. Por isso, relaxa e estuda as situações quando lá chegares!

Truques no transporte

Os transportes também são uma grande despesa. Considera sempre a opção de transporte público ou aplicações de transporte como o Uber (em todo o mundo), Grab (Sudeste Asiático) ou Ola (Índia). Essas aplicações são mais baratas do que os táxis locais e muito mais seguras! Para viagens mais longas, considera comboios ou autocarros noturnos, para que possas poupar na estadia dessa noite.

Confia na Street Food e comida local

Não tenhas medo de ‘’comida de rua’’ ou restaurantes locais. Foi a nossa opção nº1 em todos os países que fomos e a verdade é que adorámos! Os mercados de comida de rua eram os nossos melhores amigos na Ásia: é onde vais poder provar as especialidades de cada país e aos preços para locais. A tua carteira vai certamente agradecer. Além disso, é delicioso!

Aproveita as atividades gratuitas

Há sempre atividades gratuitas que tu podes aproveitar! Visitas guiadas gratuitas (que funcionam por gorjeta) são muito populares em alguns lugares (especialmente na Europa). Podes também encontrar eventos interessantes em Grupos do Facebook (basta procurar a cidade em que estás e pesquisar por ‘grupos’ no Facebook) ou ainda, em aplicações como ‘’Meet-up’’.

Mercearias/ supermercados

Em vez de comer fora, basta comprar comida em supermercados e cozinhar em casa ou levar para um piquenique num sítio com uma bela vista. Esta opção compensou muito por exemplo em Bali, onde acabámos a comer abacates todos os dias, em todas as refeições, e não podíamos ter sido mais felizes!

No entanto, atenção que em países como a Tailândia/Malásia, encontrámos comida mais barata nos mercados de rua (1 €/refeição) do que ao comprar na mercearia e fazer em casa!

O álcool é teu inimigo

Sabemos que as pessoas quando viajam tendem a festejar mais. Isso é totalmente uma escolha tua, mas acredita em nós: o álcool é um inimigo terrível para a tua carteira e, claro está, para a tua saúde. Escolhe bem as ocasiões em que queres beber e rejeita completamente o álcool nas outras ocasiões. Uma cerveja aqui e ali faz a diferença, em qualquer país.

Hidratação mais barata

Mantém-te fiél à tua garrafa de água (de preferência compra uma reutilizável e evita comprar plástico) e reabasteçe sempre que puderes. Alguns lugares têm estações de recarga com água purificada. Mas também tens a opção de comprar o teu próprio purificador e beber água da torneira! Assim podes ficar hidratado/a, economizar dinheiro e ajudar o ambiente.

Viaja de forma mais inteligente entre cada sítio

Se vais mudar de país em breve, faz uma análise profunda do que podes precisar, aparelhos eletrónicos, roupas ou qualquer item, e compra-os no local mais barato. Este é um princípio básico, mas acontece com frequência esqueceres-te. Por exemplo, as ilhas são geralmente mais caras do que o continente e, por isso, deves comprar tudo o que precisas antes de ir.

Regatear, regatear e regatear!

Isto não é possível em todo o lado, claro. Mas em alguns sítios realmente podemos negociar tudo. Pode ser desgastante, mas se aprenderes o básico e aplicares as tuas habilidades de regateio, podes divertir-te e, certamente, vai significar muito dinheiro no final do mês!

Deixamos-te aqui as nossas dicas de principiante para regateares na Índia.


E já está! Os nossos truques todos partilhados contigo! Sabemos que não aprofundámos muito em nenhum dos pontos, mas esta é uma breve explicação de todas as nossas dicas de viagens em orçamento baixo, que usámos e continuamos a usar.

Esperamos que isto te ajude de alguma forma. Existe alguma outra dica que conheças e nós não usámos? Partilha connosco na seção de comentários!

Foi útil para ti e achas que pode ser útil para alguém que conheces? Então, por favor, partilha!

Quanto mais viajas, mais experiente te tornas. Quanto mais experiente te tornas, mais barato vai ser viajar. Quanto mais barato for viajar, mais tu poderás viajar! E assim se faz, um ciclo tão feliz!

Boas poupanças e excelentes viagens!

Com amor,
Matilde e Miguel

TravelB4Settle

Gapyear

gapyear

Test desc

One thought on “TravelB4Settle | Como viajar pela Ásia por 10€/dia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *